‘Charles Aznavour – Um Romance Inventado’, estrelado por Silvia Bandeira, estreia dia 9/11 no Teatro PetraGold

Por Redação

Sylvia Bandeira apresenta ‘Charles Aznavour – Um Romance Inventado’,

todas as terças de novembro no Teatro PetraGold

Idealizado pela atriz Sylvia Bandeira ‘Charles Aznavour – Um Romance Inventado’, é um musical romântico escrito pelo dramaturgo paraense Saulo Sisnando, que criou um texto com humor e leveza sobre o universo da saudade, das paixões e da passagem do tempo, a partir das músicas mais icônicas do artista francês. Sylvia divide o palco com o ‘formidable’ Mauricio Baduh’, ambos conduzidos pela direção de Daniel Dias da Silva e Liliane Secco, na direção musical e piano.

Apaixonada pela obra do compositor, Sylvia procurou um texto alegre e comovente, que a partir das canções de Charles Aznavour, contasse uma história para falar sobre o efêmero da juventude, das paixões proibidas e assim proporcionar bons momentos. ‘Charles Aznavour Um Romance inventado é um delicioso bombom recheado com lindas músicas e uma bela história de amor’, adianta a atriz.

O espetáculo embalado por clássicos do compositor, como ‘La Bohème’, ‘She’, ‘Que C’est Triste Venise’, e outras, faz com que cada canção executada espelhe algum momento alegre, triste ou romântico da vida dos personagens e do público. ‘Escrevi uma história sobre quantas ilusões somos capazes de inventar para fazer feliz a quem amamos e quantas canções de Charles Aznavour são necessárias para despertar mais uma vez paixões e novos caminhos em corações inquietos’, conta Sisnando, que pesquisou a vida e a obra do cantor.

SINOPSE

Trazendo ao público as mais marcantes canções do chansonnier, ‘Charles Aznavour – Um Romance Inventado’ acompanha a história de Isabel, uma conceituada atriz de teatro, que, entediada com a própria vida, mantém-se reclusa por vontade própria. E Heitor, um jornalista tímido, que, às vésperas de perder a mãe, consegue uma entrevista com a estrela. Ambos descobrem que suas vidas se entrelaçam em torno da trajetória de Charles Aznavour e suas canções.

O repórter lhe pede que reconte em detalhes o romance que ela viveu na juventude com Charles Aznavour, então uma série de lembranças emergem dos recantos mais profundos de sua alma e faz com que a plateia mergulhe em seus amores passados.

A história acompanha o encontro dos personagens que têm em comum segredos ligados ao cantor romântico que jamais conseguiram superar. Cartas trocadas entre a atriz e o cantor, descobertas por acaso, são o ponto de partida da peça. Cartas extraviadas, memórias inventadas e mentiras contadas começam a surgir, revelando que a vida da atriz e de seu entrevistador possuem muito mais semelhanças do que eles foram capazes de supor e quando o jornalista revela seu maior segredo, a atriz percebe que Charles Aznavour nunca esteve tão vivo.

A trama traz as mais emblemáticas canções de Aznavour interpretadas por Sylvia Bandeira e Mauricio Baduh acompanhados pelos músicos Liliane Secco no piano e Ulisses Nogueira no violino vai divertir, comover e encantar o público.

Por Tânia Brandão:

‘…está em cena num momento histórico, a reabertura dos teatros no Rio. E chega naquela modalidade mais envolvente, que mexe com a alma, o coração e o corpo de todos. Ele vem com a assinatura da trama de um delicioso musical, Charles Aznavour – Um Romance Inventado, um texto imperdível, deliciosa homenagem a Charles Aznavour.

No texto original de Sisnando, estão em cena Sylvia Bandeira e Maurício Baduh. Eles expõem uma trama sentimental inteligente, pontilhada por canções inesquecíveis ou históricas do grande cantor francês. E a plateia poderá lavar a alma, exorcizar a opressão de um tempo sombrio.

Pois em Charles Aznavour – Um Romance Inventado o caso é bem claro: é preciso reinventar o amor, as palavras tecidas por Sisnando apontam para isto. Brincam com a biografia do francês, mas sobretudo revelam como é fundamental amar, mesmo que sob jogos confusos ou contraditórios…”

ROTEIRO MUSICAL

01 – Que C’est Triste Venise

02 – Hier Encore

03 – Comme Ils Disent

04 – Sur Ma Vie

05 – Je T’attends

06 – La Mamma

07 – Les Deux Guitares

08 – Il Faut Savoir

09 – La Bohème

10 – Et pourtant

11 – The Old Fashioned Way

12 – Je Voyage

13 – Les Comédiens

14 – She

FICHA TÉCNICA:

Idealização: Sylvia Bandeira

Texto: Saulo Sisnando

Elenco: Sylvia Bandeira e Mauricio Baduh

Direção: Daniel Dias da Silva

Direção Musical e Arranjos: Liliane Secco

Músicos: Liliane Secco e Ulisses Nogueira

Iluminação: Felício Mafra

Cenário e Figurinos: Gisele Batalha

Assistente de Cenário e Figurinos: Victor Aragão

Direção de Movimento: Marluce Medeiros

Fotos: Luciana Mesquita

Artes gráficas: Cacau Gondomar

Produção executiva: Nicholas Bastos

Coordenação de E.P.I.: Cleiton Belmiro

Direção de Produção: Cacau Gondomar e Sandro Rabello

Produção Associada: Minouskine Produções – CLG Produções – Diga Sim Produções

Assessoria em Comunicação: Alberto Bardawil e Luiz Menna Barreto 21 99872-5534

SERVIÇO:

Teatro PetraGold – Rua Conde de Bernadotte 26, Leblon Telefone: (21) 2529-7700

Terças às 20h

Temporada de 9 a 30 de novembro

Ingressos: R$60,00 (inteira)

Duração: 70 minutos

Link: https://bileto.sympla.com.br/event/69828/d/114258

Agradecemos pela sua visita, por ler essa matéria e principalmente pelo prestígio da vossa audiência!

Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça para que conheçam o nosso conteúdo. E que também continuem nos prestigiando e se possível, nos seguindo em nossas redes sociais através do:

Instagram: https://www.instagram.com/sambrasilturismoecultura/          

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCRQn6jlELDq9C57WGQegATw          

Facebook: https://www.facebook.com/SambrasilTurismoeCultura         

Twitter: https://twitter.com/PortalSambrasil         

Spotify: https://open.spotify.com/user/x8yhy7k5ox83rzi81pxo3nikp         

SoundClound: https://soundcloud.com/sambrasilpodcasts           

Torcemos para que tudo esteja bem com você e com toda a sua família. Cuide-se!

PARA EVITAR O CONTÁGIO PELO CORONAVÍRUS, TRÊS REGRAS BÁSICAS QUE SALVAM E PRESERVAM VIDAS DEVEM SER SEGUIDAS E ADOTADAS: USO DE MÁSCARA, HIGIENIZAÇÃO E A NÃO AGLOMERAÇÃO / DISTANCIAMENTO SOCIAL.

ABIH NACIONAL comemora 80 ANOS

Por Redação A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – ABIH Nacional é a ...

Learn more

Related posts