Educação musical em debate no Festival Arte de Toda Gente

Por Redação

Live “Música na Primeira Infância: Perspectivas de Aplicação no Território Brasileiro” acontece no dia 23/8, às 17h, com transmissão pelo canal Arte de toda Gente, no Youtube, tendo como convidadas Cecília Cavalieri França, Flávia Cruvinel e Magali Kleber e mediação de Marcelo Jardim. Evento é promovido pelo Sistema Nacional de Orquestras Sociais – Sinos, parceria da Funarte com a UFRJ.

Live dobre educação musical na primeira infância no festival arte de toda gente

No próximo dia 23 de agosto, às 17h, com transmissão pelo canal Arte de Toda Gente, acontece a live “Música na Primeira Infância: Perspectivas de Aplicação no Território Brasileiro”. Promovido pelo Sistema Nacional de Orquestras Sociais – Sinos, como parte da programação do Festival Arte de Toda Gente, o evento reunirá três especialistas no assunto: Cecília Cavalieri França (educadora musical, professora e pesquisadora), Flávia Cruvinel (pró-reitora da Universidade Federal de Goiania) e Magali Kleber (professora e diretora pedagógica do Festival Internacional de Música de Londrina), com a mediação do maestro e professor Marcelo Jardim ( vice-diretor da Escola de Música da UFRJ e coordenador do programa Arte de Toda Gente). O programa é uma parceria da Fundação Nacional de Artes – Funarte com a Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, com curadoria de sua Escola de Música.

A música na infância é importante não apenas por gerar boas lembranças, mas por contribuir com o desenvolvimento dos pequenos. A partir dela, é possível estimular diversas habilidades muito úteis para criança e para a vida adulta, como memória, coordenação motora, linguagem e facilidade no aprendizado. As experiências musicais na infância têm grande importância não só para futuros desempenhos musicais mas também para o desenvolvimento das capacidades sensoriais em geral da criança. Vários estudos têm demonstrado que as experiências dos primeiros anos de vida são cruciais para o desenvolvimento intelectual e afetivo do ser humano e a tenra e os primeiros anos da infância são fundamentais para aprender a decifrar os tons das músicas, e também para construir um sistema de organização mental para memoriza-las.

A intenção da live é promover uma reflexão a respeito da importância do ensino e da vivência da música, perpassando pelo processo transversal da musicalização na Primeira Infância. O evento incluirá a apresentação de um vídeo, com depoimentos e conteúdo sobre o tema discutido.

Os participantes

Magali Oliveira Kleber – especialista em piano, mestre em Música pela UNESP, doutora em música Universidade Federal do Rio Grande do Sul e pós-doutora em etnomusicologia pela UFRJ. Pesquisadora e autora de várias publicações nacionais e internacionais na área de projetos sociais, movimentos sociais, teve sua tese indicada para o prêmio CAPES/MEC como dissertação na área de Linguística, Artes e Comunicação no ano de 2006. Atua como Professor Associado na Universidade Estadual de Londrina coordenando diversos projetos voltados para integração entre universidade, comunidade e Terceiro Setor. Presta consultoria para o MEC na implementação de políticas públicas para a educação básica. Foi Bolsista do Conselho Nacional de Pesquisa – CNPq. Foi diretora pedagógica do Festival de Música de Londrina, de 1996 a 2003. Presidiu a Associação Brasileira de Educação Musical de 2009 a 2013, é presidente de honra dessa entidade. É membro da Diretoria da Comissão Internacional Community Music Activity da ISME – International Society for Music Education, entidade com representação na UNESCO. Coordenou vários eventos nacionais e internacionais ligados à pesquisa e produção artístico-cultural relacionadas à arte, educação e movimentos sociais. É líder do grupo pesquisa “Educação Musical e Movimentos Sociais” cadastrado no CNPq, cuja proposta é investigar as práticas musicais junto a contextos urbanos nas esferas da educação formal e informal, com projeto financiado pelos órgãos de fomento à pesquisa. Tem trabalhos publicados na área que se tornaram referência nacional e internacional na área de educação musical.

Flavia Maria Cruvinel – É violonista, educadora musical, pesquisadora. Doutora em Educação, Mestre em Música e Especialista em Música Brasileira no Século XX, área de concentração Educação Musical, ambos títulos concedidos pela Escola de Música e Artes Cênicas da UFG; Desenvolve pesquisas na área de Educação Musical, focalizando os seguintes temas: Formação Musical, Ensino Coletivo de Instrumento Musical; Educação Musical em Espaços Alternativos; Uso do Imaginário e Criatividade nas metodologias de ensino musical. Atualmente, é Professora Adjunta da Escola de Música e Artes Cênicas, Diretora de Cultura e Pró-Reitora Adjunta de Extensão e Cultura da Universidade Federal de Goiás.

Cecília Cavalieri França – educadora musical, pesquisadora, compositora e escritora. É Ph.D. e Mestre em Educação Musical pela Universidade de Londres, Especialista em Educação Musical e Bacharel em Piano pela UFMG, onde também atuou como professora. É fundadora e diretora da MUS Produção e Consultoria em Educação Musical, onde atua com formação de professores, editoração e produção de conteúdo pedagógico. Autora de inúmeras obras para educação musical,

incluindo artigos publicados em diversos periódicos, CDs infantis autorais, obras para professores, livros didáticos para a escola regular, como a coleção Trilha da Música, livros paradidáticos e de literatura infanto–juvenil, para ensino de piano e repertório de canções, e curtas-metragens de animação. Atua como consultora, palestrante e professora, especialmente nas áreas de desenvolvimento musical e planejamento pedagógico.

O festival

Iniciado em 21 de julho, o Festival Arte de Toda Gente reúne mais de 100 professores e mais de 400 artistas das mais diversas vertentes e origens geográficas, em uma série de oficinas, mostras, encontros e apresentações, ao vivo e gravadas, transmitidas gratuitamente pela internet. Em um só grande evento, pela primeira vez, estão sendo oferecidas atividades promovidas pelos três projetos do programa Arte de Toda Gente: Bossa Criativa, Um Novo Olhar e Sistema Nacional de Orquestras Sociais – Sinos, que compõem o programa Arte de Toda gente, parceria entre a Fundação Nacional de Artes – Funarte e a Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, com curadoria de sua Escola de Música.

Arte de Toda Gente, os projetos da parceria Funarte-UFRJ (www.artedetodagente.com.br )

O programa Arte de Toda Gente compreende três diferentes iniciativas, desenvolvidas em parceria pela Fundação Nacional de Artes – Funarte com a Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, com curadoria da Escola de Música da universidade e lançadas no decorrer de 2020. Devido à pandemia de Covid 19, inicialmente todas as atividades dos projetos vêm sendo desenvolvidas exclusivamente em ambiente virtual, mas, logo que possível, se estenderão a ações presenciais em todas as regiões do Brasil.

A primeira dessas iniciativas é o projeto Bossa Criativa – Arte de Toda Gente, que reúne apresentações e oficinas de diversas linguagens artísticas e manifestações da economia criativa. O foco é a democratização da cultura, bem como a diversidade e a difusão de todas as artes, de modo inclusivo. As atividades são compostas de shows curtos, performances, mostras, lives e vídeos de capacitação, exibidos no site www.bossacriativa.art.br, com participação de artistas de todo o Brasil.

A segunda iniciativa é o Sistema Nacional de Orquestras Sociais (Sinos), formado por uma rede de dezenas de profissionais de música, que atuam em cursos, oficinas, concertos e festivais, produzindo ainda material didático de apoio, partituras e publicações. A ideia é capacitar regentes, instrumentistas, compositores e educadores musicais, apoiando projetos sociais de música e, ainda, contribuir para o desenvolvimento das orquestras escola de todo o país e suas atividades estão disponíveis no site www.sinos.art.br .

Já o Um Novo Olhar (UNO) tem como alvo promover a inclusão e o acesso de crianças, jovens e adultos com algum tipo de deficiência, por meio das artes e da capacitação de professores e de regentes para coro. Com a exibição online de performances de artistas e vídeo podcasts (vodcasts) sobre arte e acessibilidade, a promoção de lives, encontros e seminários virtuais e com uma série de publicações – que incluem a produção por encomenda de versões e partituras originais de compositores brasileiros especialmente formatadas para corais –, o projeto tem também o objetivo de ampliar a percepção de toda a sociedade sobre as deficiências e suas aulas e apresentações podem ser encontradas no site www.umnovoolhar.art.br.

Live “Música na Primeira Infância: Perspectivas de Aplicação no Território Brasileiro” no Festival Arte de Toda Gente

Quando: dia 23 de agosto, às 17h, no canal Arte de Toda Gente no Youtube

A programação completa do festival está no site www.artedetodagente.com.br.

Realização

Fundação Nacional de Artes – Funarte | Secretaria Especial da Cultura | Ministério do Turismo

Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Curadoria: Escola de Música da UFRJ

Atividades e mais informações disponíveis no site do projeto.

Informações sobre os programas da Funarte

www.funarte.gov.br

Agradecemos pela sua visita, por ler essa matéria e principalmente pelo prestígio da vossa audiência!

Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça para que conheçam o nosso conteúdo. E que também continuem nos prestigiando e se possível, nos seguindo em nossas redes sociais através do:

Instagram: https://www.instagram.com/sambrasilturismoecultura/       

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCRQn6jlELDq9C57WGQegATw      

Facebook: https://www.facebook.com/SambrasilTurismoeCultura      

Twitter: https://twitter.com/PortalSambrasil      

Spotify: https://open.spotify.com/user/x8yhy7k5ox83rzi81pxo3nikp      

SoundClound: https://soundcloud.com/sambrasilpodcasts        

Torcemos para que tudo esteja bem com você e com toda a sua família. Cuide-se!

PARA EVITAR O CONTÁGIO PELO CORONAVÍRUS, TRÊS REGRAS BÁSICAS QUE SALVAM E PRESERVAM VIDAS DEVEM SER SEGUIDAS E ADOTADAS: USO DE MÁSCARA, HIGIENIZAÇÃO E A NÃO AGLOMERAÇÃO / DISTANCIAMENTO SOCIAL.

Uma Aventura de Natal emociona o público e ainda teve Samba na neve no Boulevard Olímpico

Por Marcelo Faria Fotos por Marcelo Faria, Julia Fernandes, Caio Martins e Fabiana ...

Learn more

Related posts