Setur-RJ realiza visita técnica aos fortes e fortalezas do Exército

Por Redação

Trabalho tem como objetivo desenvolver e fortalecer o turismo militar no Rio de Janeiro

Técnicos da Secretaria de Estado de Turismo (Setur-RJ) e da TurisRio realizaram uma visita técnica aos fortes e fortalezas do Exército construídas no entorno da Baía de Guanabara. O objetivo da ação, em parceria com a Diretoria de Patrimônio Histórico e Cultural do Exército (DPHCEx) e a Universidade Federal Fluminense (UFF), é desenvolver e fortalecer o turismo militar no Rio de Janeiro.

Os locais fazem parte do Projeto Turismo em Patrimônios Culturais e Ambientais Militares. A visita começou pelo Museu Histórico do Exército e o Forte de Copacabana e seguiu para o Forte Duque de Caxias, no Leme. Após isso, a comitiva visitou a Fortaleza de São João, na Urca, e seguiu para um trajeto marítimo até a Fortaleza de Santa Cruz da Barra, em Jurujuba, Niterói. No local, os técnicos puderam conhecer a história da construção dos fortes do Rio de Janeiro.

O secretário de Turismo, Gustavo Tutuca, reforça a importância do trabalho de divulgação deste segmento do turismo para o Rio de Janeiro. “Trabalhar o desenvolvimento do turismo militar, com a melhoria e divulgação de roteiros desses pontos turísticos tão importantes para a história do País, é fundamental para que o estado tenha mais equipamentos que auxiliem na recuperação do setor no cenário pós-pandemia”.

Para o presidente da TurisRio, Sergio Ricardo de Almeida, saber mais sobre a história dos equipamentos apresentados durante a visita facilita o trabalho a ser desenvolvido pela companhia. “Os roteiros têm muita história, cultura, atividades ao ar livre e muito visual do nosso estado. É um material vasto que precisa ser conhecido por todos os fluminenses e visitantes do Estado”.

O general Carlos Augusto Ramires Teixeira, diretor da DPHCEx, afirma que a união de esforços é fundamental para tornar o patrimônio do Exército referência e ponto turístico. “Ampliar o conhecimento do patrimônio do Exército como  parceria com a Setur, TurisRio e UFF viabiliza inserir, em definitivo, o patrimônio histórico e cultural do Exército à rotina da Educação e da Cultura, em todos os níveis, permitindo que a sociedade, por meio desse patrimônio, conheça a história do Brasil”.

Agradecemos pela sua visita, por ler essa matéria e principalmente pelo prestígio da vossa audiência!

Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça para que conheçam o nosso conteúdo. E que também continuem nos prestigiando e se possível, nos seguindo em nossas redes sociais através do:

Instagram: https://www.instagram.com/sambrasilturismoecultura/  

YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCRQn6jlELDq9C57WGQegATw  

Facebook: https://www.facebook.com/SambrasilTurismoeCultura  

Twitter: https://twitter.com/PortalSambrasil  

Spotify: https://open.spotify.com/user/x8yhy7k5ox83rzi81pxo3nikp  

SoundClound: https://soundcloud.com/sambrasilpodcasts    

Torcemos para que tudo esteja bem com você e com toda a sua família. Cuide-se!

PARA EVITAR O CONTÁGIO PELO CORONAVÍRUS, TRÊS REGRAS BÁSICAS QUE SALVAM E PRESERVAM VIDAS DEVEM SER SEGUIDAS E ADOTADAS: USO DE MÁSCARA, HIGIENIZAÇÃO E A NÃO AGLOMERAÇÃO / DISTANCIAMENTO SOCIAL.

Samba de Roda do Recôncavo Baiano

Por Redação O Recôncavo baiano é uma região brasileira de enorme influência africana. ...

Learn more

Related posts