Antônio Carlos & Jocafi e Armandinho se juntam à Orquestra Instrumental Violões do Forte Copacabana em vídeos no Bossa Criativa

Por Redação

Dupla baiana regrava em vídeo alguns de seus sucessos, acompanhada por orquestra formada por jovens de projetos sociais e comunidades carentes. Grupo também homenageia o criador da Guitarra Baiana, trazendo-o para um memorável show especial no Forte. Inéditos e divididos em três partes, os registros desses encontros vão ao ar no site do Bossa Criativa a partir de 19/3. Projeto faz parte do programa Arte de Toda Gente, parceria da Funarte com a UFRJ.

Antonio Carlos & Jocafi e Armandinho e a OIVFC – fotos de divulgação

Vai ao ar nesta sexta-feira, 19/3, às 18h, no site www.bossacriativa.art.br o primeiro vídeo do projeto Afro Funk Brasil, reunindo a famosa dupla baiana Antonio Carlos & Jocafi com os jovens da Orquestra Instrumental de Violões do Forte Copacabana – OIVFC. Além da interpretação conjunta de músicas emblemáticas, o programa traz depoimentos e registros de época, que contextualizam a obra desses artistas. Revezam-se na tela o próprio Antonio Carlos – que fala sobre sua trajetória e explica didaticamente sua música e influências, com exemplos ao violão e reprodução de discos – e Russo Passapusso, do Baianasystem. Nas semanas seguintes, sempre às sextas, serão liberados vídeos com a segunda parte desse encontro e, também, o registro – igualmente inédito – do show tributo ao vivo que o guitarrista Armandinho Macêdo fez com a Orquestra em 2019, no Forte Copacabana. As atrações fazem parte do projeto Bossa Criativa – Arte de Toda Gente, uma parceria da Fundação Nacional de Artes – Funarte com a Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ.

A dupla

Formada na Bahia no final da década de 1960, a dupla Antonio Carlos & Jocafi começou a se tornar mais conhecida por sua participação nos festivais de música e, mais tarde, por sucessos como “Mudei de Ideia”, “Desacato” e – principalmente – “Você abusou”. A fama cresceu com a criação de temas para trilhas sonoras de novelas da TV Globo e a gravação de composições suas por estrelas nacionais e estrangeiras, como Luiz Gonzaga, Elis Regina, Gilberto Gil, Ella Fitzgerald e Stevie Wonder, entre muitos outros. Os dois têm no currículo dezenas de shows no exterior e participações em festivais internacionais e em discos de grandes outros artistas. Mais recentemente, a dupla passou a compor com Russo Passapusso, líder do BaianaSystem, com quem preparam o lançamento de um álbum este ano. (Mais informações sobre Antonio Carlos & Jocafi em https://dicionariompb.com.br/antonio-carlos-e-jocafi/dados-artisticos)

Armandinho

Com mais de 50 anos de carreira (começou aos 15), o guitarrista, bandolinista, compositor e arranjador baiano Armandinho Macêdo é o criador da “guitarra baiana” – instrumento que nasceu de um cavaquinho eletrificado – e se tornou nacionalmente conhecido como integrante de um dos mais conhecidos grupos de pop instrumental do Brasil, A Cor do Som. Considerado um dos melhores guitarristas entre os dez melhores do Brasil pela revista Guitar Player, Armandinho influenciou diversos outros artistas e já se apresentou em diversos países em vários continentes. O show com a OIVFC foi, também, um tributo a sua carreira. (Mais informações sobre Armandinho em https://dicionariompb.com.br/armandinho)

A Orquestra

A Orquestra Instrumental de Violões do Forte de Copacabana – OIVFC nasceu em 2011, idealizada pela diretora do Instituto Rudá, Márcia Melchior, e atendia inicialmente a adolescentes das comunidades do entorno do Forte. Em pouco tempo, porém, sua música ultrapassou os muros da fortificação e atraiu jovens de outros projetos sociais e de comunidades como Piabetá, Niterói, Nova Iguaçu, Nilópolis, Duque de Caxias, Santa Cruz, Itaguaí, Campo Grande e de toda baixada fluminense.

Hoje, suas apresentações atraem um público variado e numeroso, o grupo já participou de espetáculos até no estrangeiro – estiveram em Rennes, no festival de cinema na França, e muitos de seus jovens integrantes se profissionalizaram, atuando em outros grupos e espetáculos. (Mais informações sobe a OIVFC em https://www.violoesdofortedecopacabana.com.br )

O Bossa Criativa

Parceria entre a Funarte e a UFRJ, com curadoria da Escola de Música da universidade, o projeto Bossa Criativa – Arte de Toda Gente reúne apresentações e oficinas de diversas linguagens artísticas, integrantes de várias formas de economia criativa. O foco é a democratização da cultura, bem como a diversidade e a difusão de todas as artes, de modo inclusivo. A programação é composta de shows curtos, performances e atividades de capacitação, em vídeos, exibidos no site www.bossacriativa.art.br, com participação de artistas de todo o Brasil. A agenda inclui o lançamento de um edital para novas propostas artísticas e culturais; e também um chamamento público, para apresentação de trabalhos de mestrado na área das artes. A iniciativa faz parte do Programa Arte de Toda Gente. Mais informações no site da iniciativa.

Serviço

Vídeos da Orquestra Instrumental de Violões do Forte de Copacabana com Antonio Carlos & Jocafi (projeto Afro Funk Brasil) e com Armandinho no Projeto Bossa Criativa – Arte de Toda Gente

Quando: dias 19 e 26 de março e 5 de abril de 2021, às 18h, no site do projeto e, também, no canal Arte de Toda Gente, no Youtube (www.youtube.com/artedetodagente ).

As apresentações e toda a programação da série permanecerão disponíveis durante toda a duração do projeto.

Realização: Fundação Nacional de Artes – Funarte

Secretaria Especial da Cultura | Ministério do Turismo

Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Curadoria: Escola de Música da UFRJ

Atividades, ações e mais informações disponíveis no site www.bossacriativa.art.br

Informações sobre editais e outros programas da Funarte www.funarte.gov.br

Conhecendo o Parque Madureira, no coração do Rio de Janeiro

Por redação No coração da Zona Norte, o terceiro maior parque da cidade. Em Madureira, ...

Learn more

Related posts