Carnaval: Acessibilifolia, a festa inclusiva

Por Redação

Nova série do projeto Um Novo Olhar, da Funarte, em parceria com a UFRJ, aborda inclusão e acessibilidade no carnaval de rua do Rio de Janeiro.

Programa começa com sete vídeos, produzidos em parceria com a Orquestra Voadora e terá “live” de lançamento no dia 10 de fevereiro, às 18h, no canal Arte de Toda Gente, no Youtube.

Acessibilifolia série de vídeos da Orquestra Voadora em pareceria com o projeto Um Novo Olhar, Será lançada no canal Arte de Toda Gente, no Youtube, com uma “live” no dia 10 de fevereiro, às 18h, o Acessibilifolia. O programa vai abordar e incentivar a acessibilidade e inclusão de pessoas com deficiência nas festas populares que integram o patrimônio cultural do Brasil. A ação faz parte do projeto Um Novo Olhar – realizado em parceria da Fundação Nacional de Artes – Funarte com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Como ação inicial, será publicada no site do projeto, www.umnovoolhar.art.br , a primeira parte da série de sete vídeos Inclusão e Folia, produzida em parceria com a Orquestra Voadora, do Rio de Janeiro. O Um Novo Olhar está incluído no programa Arte de Toda Gente, que tem curadoria da Escola de Música da UFRJ.

Novos conteúdos e canais

O Acessibilifolia vai gerar conteúdo e direcionar ações que busquem uma transformação nos festejos populares do país. O objetivo é torná-los mais democráticos e inclusivos – não só para as pessoas com deficiência, mas para todos que compartilham esses espaços, e promover, assim, a convivência e a diversidade. A ideia é estabelecer canais para a troca de experiências entre as pessoas com e sem deficiência, assim como entre os organizadores de festas, os gestores, os artistas e a comunidade acadêmica. Para isso, serão produzidas “lives”, entrevistas, séries de vídeos, “vodcasts” (audiovisual disponibilizado para download), publicações e outros materiais.

Inicialmente as atividades do Acessibilifolia terão como foco o carnaval de rua da cidade do Rio de Janeiro e serão realizadas apenas na forma virtual. Mas a proposta é ampliar, pouco a pouco, a área de abrangência para outras manifestações festivas, como desfiles de maracatu, blocos de frevo, bumba-meu-boi e muito mais.

O programa se inicia com a série Inclusão e Folia, produzida conjuntamente com a Orquestra Voadora – formação que inclui um bloco de carnaval no Rio. Com direção do professor, saxofonista, arranjador e compositor André Ramos, os sete vídeos abordam a questão da acessibilidade no carnaval de rua carioca, por meio de relatos e análises sobre a participação de pessoas com deficiência no bloco e na oficina de instrumentos da Orquestra. Os sete episódios da série serão postados ao longo de três semanas, sempre às quartas-feiras, às 18h, no site www.umnovoolhar.art.br .

Live de lançamento

Participarão da “live” que marca o lançamento do Acessibilifolia, no canal Arte de Toda Gente, no Youtube, Patrícia Dorneles, coordenadora do Curso de Especialização em Acessibilidade Cultural da UFRJ e coordenadora das ações de acessibilidade do projeto Um Novo Olhar; Marcelo Jardim, diretor artístico e vice-diretor da Escola de Música da UFRJ e coordenador do Um Novo Olhar; e André Ramos, diretor dos vídeos da série Inclusão e Folia, saxofonista, professor de música, mestrando do curso profissional em Pedagogia do Instrumento do Promus – UFRJ, arranjador e um dos organizadores da Orquestra Voadora; e Heitor Luiz, músico, participante da Orquestra Voadora e cadeirante.

Sobre a Orquestra Voadora

A Orquestra Voadora surgiu em 2008, a partir do encontro de músicos que tocavam em vários blocos de carnaval do Rio de Janeiro. O grupo une o tradicional formato das bandas de sopro e percussão a um repertório eclético, e possui duas formações: um bloco de carnaval, que desfila no Rio e em São Paulo, e uma banda que faz apresentações de palco. O conjunto fez sua primeira turnê internacional em 2012, passando por cinco países da Europa. Em 2013, criou sua oficina de instrumentos de sopro e percussão, inspirando o surgimento de diversas bandas pelo Brasil.

O projeto Um Novo Olhar

O objetivo do projeto Um Novo Olhar é promover a acessibilidade e a inclusão de crianças, jovens e adultos com algum tipo de deficiência, por meio das artes e da capacitação de professores e de regentes para coro. Com a exibição online de shows e oficinas, vídeo podcasts (vodcasts) e “lives” sobre arte e acessibilidade e uma série de publicações, a iniciativa tem também como alvo dampliar a percepção de toda a sociedade sobre as deficiências. O trabalho integra o programa Arte de Toda Gente, desenvolvido em conjunto pela Funarte e pela UFRJ, por meio da Escola de Música da Universidade.

Serviço:

Projeto Um Novo Olhar – Programa Acessibilifolia – Série Inclusão e Folia

“Live” de lançamento: 10/2, quarta-feira, 18h, com transmissão pelo canal Arte de Toda Gente, no Youtube

Vídeos da série disponíveis no site do projeto: www.umnovoolhar.art.br , com postagens semanais às quartas-feiras, dias 10, 17 e 24 de fevereiro

Realização

Fundação Nacional de Artes – Funarte | Secretaria Especial da Cultura | Ministério do Turismo

Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Curadoria: Escola de Música da UFRJ

Atividades e mais informações disponíveis no site do projeto.

Informações sobre esse e outros programas da Funarte

www.funarte.gov.br

Presidente da Riotur recebe turistas no Porto e no Aeroporto

Por redação O presidente da Riotur, Marcelo Alves, esteve recepcionando os turistas que ...

Learn more

Related posts