MPRJ lança campanha para incentivar população a denunciar irregularidades na vacinação contra Covid-19

Por Redação

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) lançou nesta segunda-feira (25/01) campanha de conscientização nas redes sociais, convidando a população fluminense a exercer o controle social da política pública de vacinação e auxiliar o MPRJ na fiscalização do Plano de Vacinação contra a Covid-19, denunciando quem fura fila ou comete outras irregularidades.

As publicações alertam para a importância de denunciar quem está furando fila ou favorecendo esta prática, ajudando a garantir que as vacinas cheguem aos grupos que mais precisam. Nessa finalidade, alertam que a fila de prioridades deve ser respeitada rigorosamente e que agentes públicos que furam fila da vacina respondem por prevaricação, improbidade administrativa e dano coletivo.

O MPRJ também chama atenção para a importância de não relaxar com os cuidados e medidas de proteção, como o uso de máscaras, a higienização das mãos e outras ações individuais preventivas.

A coordenadora do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Saúde (CAO Saúde/ MPRJ), promotora de Justiça Márcia Lustosa, destaca que nesse momento é fundamental que as pessoas exerçam a cidadania plena e colaborem para que as vacinas efetivamente cheguem aos grupos mais vulneráveis, como é o caso dos idosos e pessoas com deficiência institucionalizados, profissionais de saúde da linha de frente e das comunidades indígenas.

“Todos vão ter a oportunidade de receber a vacina, mas nesse momento de escassez de doses precisamos entender que as prioridades devem ser respeitadas. Conforme a oferta de doses da vacina for sendo aumentada, os demais integrantes dos grupos prioritários serão contemplados e será possível abrir para a população em geral. Todo cidadão é um fiscal em potencial e pode denunciar eventuais abusos e irregularidades”, explicou Márcia Lustosa.

Qualquer pessoa pode ajudar o MPRJ a fiscalizar quem está furando fila ou favorecendo esta prática. A denúncia para a Ouvidoria/MPRJ pode ser feita pelo formulário do portal, pelos telefones 127 (Capital), (21) 2262-7015 (outras localidades) e (21) 99366-3100 (Whatsapp) ou pelo Facebook da Ouvidoria.

Fonte MPRJ

LIGA SP DIVULGA CALENDÁRIO DE ENSAIOS TÉCNICOS NO ANHEMBI

Por Marcelo Faria Foto por Caroline Ferreira As agremiações já iniciaram seus ensaios ...

Learn more

Related posts