Blocos de carnaval de rua do Rio se manifestam sobre o cancelamento do Carnaval 2021

Por Redação

Conforme já anunciado pelo Portal Sambrasil, após o anúncio do prefeito Eduardo Paes na última quinta-feira (21/01) sobre o cancelamento do Carnaval no Rio de Janeiro em 2021 devido à pandemia do coronavirus, Covid-19, os blocos cariocas vieram a público neste domingo (24/01), por meio de nota oficial, corroborar com a decisão do Poder Executivo Municipal e comunicar que, apesar do feriado de fevereiro estar mantido, não haverá folia.

Entre os blocos que assinam o documento, vale destacar, estão nomes tradicionais como o Cordão da Bola Preta, Banda de Ipanema, Carmelitas, Céu na Terra e Orquestra Voadora.

Lembramos que o jornalista Marcelo Faria, dono do Portal Sambrasil, sempre se posicionou contrário à execução do Carnaval em 2021, como já publicado em nossos editoriais, primeiro pela situação ainda sem controle da pandemia do coronavírus, segundo por duas questões humanitárias, a primeira pelo respeito e preservação da Vida, Dom concedido por Deus, e a segunda, pela quantidade gigantesca e absurda de vidas ceifadas pala Cocid-19. Ainda tem uma terceira razão; a grande irresponsabilidade e falta de consciência de grande parte da população carioca e brasileira, que não respeita as leis e as restrições sanitárias em vigor (não usa máscara, não tem higiene e ainda promove aglomeração), com grande e péssimo sentimento, posicionamento e comportamento, NEGACIONISTA, IGNORANTE E ANTICRISTÃO, sobre o grande MAU, TANTO CLÍNICO, COMO CONSTRANGEDOR, haja vista, o quanto agride e desrespeita e o que essa contaminação CAUSA às pessoas que se cuidam e preservam suas vidas.

Confira, na íntegra, o comunicado oficial dos blocos sobre a não realização dos seus desfiles no Carnaval 2021:

”O prefeito Eduardo Paes declarou que não haverá Carnaval em julho, devido à ausência de condições para imunização total da população. No entanto, o feriado de fevereiro está mantido. O Carnaval de rua é um movimento, uma força que resiste e ocupa, tomando de volta para as pessoas um espaço que lhes pertence. Este ano, porém, por mais paradoxal que possa parecer, ficar em casa será a nossa forma de resistência. A resistência ao negacionismo como instrumento de uma política de morte. É vital que marquemos uma posição firme.

Portanto, nós, blocos, bandas, ligas, fanfarras e movimentos do Carnaval de rua do Rio de Janeiro, declaramos por meio desse manifesto que não desfilaremos em 2021. Fazemos a todos os cidadãos e cidadãs o apelo de que se juntem a nós nesse momento histórico tão difícil que vivemos. Quando estivermos todos seguros e imunizados, faremos a maior folia que essa cidade já viu. Neste momento, entretanto, estamos todos e todas unidos pela vida. Pedimos que não aglomerem e fiquem em casa. O Carnaval vive e alimenta nossas almas. A hora em que ele sair, não vai ter quem segure.

Assinam o manifesto:

Acadêmicos do E. Dentro

Agytoê

Alegria de Quintino

Amigos da Cacilda

Amigos da Esquina

Atenta e Forte

Balanço do Jamelão

Balanço do Pinto

Banda de Ipanema

Banda do Mackenzie

Banda do Meier

Banda Galo do Meier

Banda Vai tomar no Azul

Baque Mulher

Besame Mucho

Bezerro Tolinho

Bloco 442

Bloco Aí Sim

Bloco Amigos da Joaquim Meier

Bloco Butano na Bureta

Bloco Chora 10

Bloco Cultural 7 de Paus

Bloco Cultural Mulheres Brilhantes

Bloco da Ansiedade

Bloco da Gravata Florida

Bloco D’Águas

Bloco das Carmelitas

Bloco das Divas

Bloco das Fridas

Bloco das Tubas

Bloco de Segunda

Bloco do AfroJazz

Bloco do Bagunço

Bloco do Barbas

Bloco Eficiente

Bloco Estratégia

Bloco Exagerado

Bloco Guri da Merck

Bloco Nada Deve Parecer Impossível de Mudar

Bloco Olha Pá Mim

Bloco Pipoca e Guaraná

Bloco Se For Deu

Bloco Seu Kuka

Bloco Superbacana

Bloco to Be Wild

Bloco TTT

Bloco Virtual

Blocobuster

Bloconcé

bLoka

Blonk

Boto Marinho

Brasilia Amarela

Brejeiro

Caetano Virado

Calcinhas Bélicas

Canários do Reino

Candybloco

Caramuela

Carimbloco

Cartela Nova

Cartola é do Cacete

Céu Na Terra

Charanga Talismã

Charanga Venenosa

Clubinho do Samba

Conjunto Habitacional Barangal

Cordão da Bola Preta

Cordão do Boi Tolo

Cordão do Boitatá

Cordão do Bola Laranja

Cordão do Prata Preta

Cortejo dos Signos

Dalí Saiu Mais Cedo

Derê

Desce Mas Não Sobe

Desliga dos Blocos

Dinossauros Nacionais

É Tudo ou Nada?!

Escravos da Mauá

Eu Sou Eu, Jacaré é Bicho d´Agua

Fanfarra Black Clube

Favela Brass

Filhotes Famintos

Fogo & Paixão

FoliON

Gigantes da Lira

Gigantes na Luta

Gota Serena

Ibrejinha

Ih, é Carnaval

Imprensa que eu gamo

Labirintos Públicos

LambaBloco

Liga Amigos do Zé Pereira

Liga Carnafolia

Liga CORETO

Liga dos Blocos da Zona Portuária

Liga João Nogueira

Liga Sambare

Liga Sebastiana

Locomotiva da Baixada

Loucura Suburbana

Mais Carnaval, Menos Ódio

Manie Bloco

Maracutaia

Marcha Nerd

Maria Vem com as Outras

Me Enterra na Quarta

Metais Pesados

Meu Bem Volto Já

Meu Doce Acabou Hoje

Mistério Há de Pintar Por Aí

Monobloco

Mulheres de Chico

Mulheres Rodadas

Multibloco

Nada D+

Nem Muda, Nem Sai de Cima

New Kids on the Bloco

Noites do Norte

NossoBloco

O Baile Todo

Ocupa Carnaval

Orquestra Circônica

Orquestra Voadora

Os Biquínis de Ogodô Convidam as Sungas de Odara

Os Siderais

Perereca do Grajaú

Planta na Mente

Põe na Quentinha?

Que Merda é Essa

Que Pena, Amor

Rio Maracatu

Sargento Pimenta

Sem Pretensão

Sepulta Carnaval

Sereias da Guanabara

Simpatia é Quase Amor

Studio 69

Surdos e Mundos

Suvaco do Cristo

Tá Pirando, Pirado, Pirou

Tambores de Olokun

TechnoBrass

Thetheca do E.Dentro

Tigre da Travessa Miracema

Toco-Xona

Toques para Odudua

Traz a Caçamba

Trombetas Cósmicas do Jardim Elétrico

Tupife

Urubuzada

Vai Tomar na Cuia

Vamo, ET

Vem Cá, Minha Flor

Volta, Alice

Xêpa Gurmê”

Feriados vão movimentar R$ 21 Bilhões no Turismo

Por Redação Uma projeção do Ministério do Turismo revela que as viagens nos fins de ...

Learn more

Related posts