Rio já tem sua Miss Plus Size 2017

Por Redação

Vinte e cinco lindas mulheres cheias de curvas participaram do concurso Miss Plus Size Carioca 2017, realizado neste sábado, dia 8, no Salão Nobre do Clube dos Advogados do Brasil, no Centro do Rio. Oito delas foram premiadas. A vencedora foi Jéssika Lima, de Nova Friburgo, que recebeu a coroa da Miss Aline Mansur, de 2015, e a faixa das mãos do idealizador e promotor do concurso, Eduardo Araúju.

Jéssika Lima é a Miss Plus Size Carioca de 2017 (Foto: Pablo Rocha / Equipe Felipe Menegoy/ Divulgação Miss Plus Size Carioca)
Jéssika Lima é a Miss Plus Size Carioca de 2017 (Foto: Pablo Rocha / Equipe Felipe Menegoy/ Divulgação Miss Plus Size Carioca)

 

 

Mais uma vez o evento foi um sucesso. O Portal Sambrasil Turismo e Cultura , parabeniza ao prezado Eduardo Araúju, o promotor do pioneiro concurso.

 

Entre os prêmios recebidos pela primeira colocada, estão uma viagem para Buenos Aires com passagens e hospedagem para duas pessoas, num oferecimento da May Tour; um contrato com a Citiwar para ser a garota-propaganda já na próxima edição do catálogo da marca; um book produzido pelo fotógrafo Filipe Menegoy, conhecido como o “Queridinho das Plus”; e vale-compras no valor de R$ 1.500 da Moda Popy.

E mais: Jéssika vai representar o Rio de Janeiro no concurso Miss Plus Size Nacional.

 

“Quando Edu anunciou o resultado eu não acreditei! Foi uma emoção única! Ser Misss Plus Size Carioca é a realização de um sonho e, ao mesmo tempo, uma responsabilidade enorme. Afinal, junto com o título vem a missão de disseminar o movimento Plus Size e também representar as outras 23 candidatas maravilhosas. Espero incentivar e inspirar outras pessoas a se amarem da forma que são e mostrar para a sociedade que a beleza e a felicidade vêm de dentro, independentemente do seu tipo físico. Quando recebo mensagens dizendo ajudei a resgatar a autoestima de uma mulher fora dos padrões de beleza ditados pela moda, a sensação é gratificante demais, vale mais do que qualquer prêmio”, declarou emocionada Jéssika Lima.

 

Além dela, outras sete candidatas foram premiadas entre as 25 que desfilaram de maiô e traje de gala. A segunda e a terceira colocadas, ambas de Niterói, foram Mariana Ferreira e Mônica Lima, respectivamente. Foram eleitas também a Miss Simpatia Cristiane Lima, de Maricá; a Miss Popularidade Fernanda Sampaio, de Jacarepaguá, (escolhida pelo público); a Miss Fotogenia Nathália Louzada, da Tijuca; a Miss Elegant Eduarda Vasconcellos, da Taquara; e a Miss Virtual Caroline Freixo, de São Gonçalo. Todas ganharam biojoias Amarjon.

 

Este ano, o concurso trouxe uma novidade relacionada aos tamanhos dos manequins das candidatas. É que uma resolução da ABNT definiu como plus size os manequins a partir de 44. Ou seja, ser plus size não significa mais ser gorda. A classificação agora é “tamanho maior”.

 

O júri foi formado por pessoas ligadas, em sua maioria, à moda, em especialmente no nicho plus size: o fotógrafo Filipe Menegoy; Claudia Ferreira, idealizadora do concurso A Mais Bela Gordinha do Rio/Brasil; os empresários Felipe Campus, Shirley Araújo, Mayada Isbelle (turismo), Enet e Francilene Perez (moda têxtil); a cantora, atriz e apresentadora Patrícia Ferrer; as modelos plus size Josiane Lira e Aline Bittencourt;  e a Miss Plus Size Carioca 2015, Aline Mansur.

 

O evento contou também com desfiles de marcas de moda plus size e das Senhoras do Calendário, outra bela iniciativa de Eduardo Araúju, dessa vez trabalhando com modelos maduras, contribuindo assim para o empoderamento feminino.

 

A gente sabe que um concurso foi ótimo quando não só a vencedora e as premiadas ficam felizes. Mas quando todas as candidatas se sentem valorizadas, os jurados elogiam a organização do evento e a beleza das candidatas, e o idealizador do projeto finaliza o trabalho plenamente realizado e satisfeito com o sucesso de mais uma iniciativa que eleva a autoestima de quem foge aos padrões de beleza ditados pela moda, o professor de modelos e manequins, produtor visual e maquiador Eduardo Araúju, respeitado por seus 30 anos de carreira. Graças a ele, outros padrões de beleza feminina vêm ganhando espaço no comércio e na mídia, contribuindo para que todas as mulheres – independentemente da idade que têm ou do manequim que vestem – sintam-se bonitas, atraentes, satisfeitas consigo mesmas e – o mais importante – felizes!

 

Em meio a tanta felicidade, Araúju talvez fosse o mais emocionado. “Só tenho a agradecer: a Deus, aos apoiadores, aos jurados, às meninas, a todos os que aqui estiveram prestigiando o concurso nessa festa aconchegante, com 320 pessoas. Agradecer por todo esse calor humano… É uma alegria indescritível!”, comemorava o respeitado promotor do concurso, que já está empenhadíssimo na produção da fase nacional, com candidatas de norte a sul do país. Que venham as belíssimas plus size de todo o Brasil!

Samba de Roda do Recôncavo Baiano

Por Redação O Recôncavo baiano é uma região brasileira de enorme influência africana. ...

Learn more

Related posts