EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA NO MUSEU NACIONAL DE BELAS ARTES HOMENAGEIA O ARCEBISPO DO RIO DE JANEIRO

Por Redação

Dom Orani João Tempesta completou 20 anos de ordenação episcopal em 2017. A partir do dia 6 de julho, o Museu Nacional de Belas Artes/Ibram/MinC, em parceria com o Vicariato para Comunicação Social e Cultura da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, vai exibir cerca de 150 imagens e alguns objetos na exposição fotográfica ‘Que todos sejam Um’ ​(Ut Omnes Unum Sint, em latim), título do lema episcopal do Arcebispo Metropolitano da cidade, o Cardeal Orani João Tempesta. O evento se volta para os 20 anos de bispado de Dom Orani e os seus oito anos à frente da Arquidiocese do Rio de Janeiro, ambos completados em 2017. “A exposição será dividida em quatro módulos, que mostrarão o incansável trabalho deste paulista de São José do Rio Pardo, nos mais diversos contrastes e realidades da cidade, segundo a ótica e pelas lentes do fotógrafo carioca Gustavo de Oliveira”, explica o cônego Marcos Willian Bernardo, Vigário para Comunicação e Cultura da Arquidiocese do Rio. Na mostra, o público vai poder apreciar imagens de Dom Orani no seu relacionamento com comunidade, um outro segmento apresenta sua Ordenação de Bispo; o cardeal no seu cotidiano; e, finalmente, a temática específica da Jornada Mundial da Juventude, evento de proporções gigantescas e que tornou o Rio de Janeiro uma metrópole global, contando com a inesquecível presença do Papa Francisco, em 2013. Co-curador da mostra ‘Que todos sejam Um’ ​e pesquisador do Museu Nacional de Belas Artes, Amândio Miguel ressalta que a exposição “é uma crônica fotográfica de Dom Orani Tempesta e a cidade do Rio de Janeiro”. As obras estarão expostas até o dia 7 de setembro de 2017. O Museu Nacional de Belas Artes fica na Av. Rio Branco, 199, Cinelândia, no Centro do Rio.

Presidente da Riotur recebe turistas no Porto e no Aeroporto

Por redação O presidente da Riotur, Marcelo Alves, esteve recepcionando os turistas que ...

Learn more

Related posts