Historia do Turismo e seus diversos seguimentos

Por Redação

  1. TURISMO
  2. INTRODUÇÃO AO TURISMO Desde antiguidade, as viagens sempre estiveram presentes na vida do homem. Até hoje acontecem fatos que o obrigam a se deslocar. O livro Gêneses, do antigo testamento da Bíblia, apresenta como forma de punição a Adão e Eva, a expulsão do paraíso. Logo no segundo livro, retrata a saída ou o êxodo dos hebreus do Egito, conduzido pelo “guia” Moisés, para a terra prometida. Outro exemplo, os povos nômades, que são homens que vivem se deslocando de um lugar para outro em busca de sobrevivência e proteção.
  3. POVOS NÔMADES NÔMADES TUAREGS – NIGER
  4. ÊXODO – 40 ANOS DE VIAGEM
  5. ARCA DE NOÉ – 1º CRUZEIRO
  6. HISTÓRIA DO TURISMO No século XIX , a idéia de turismo tinha se firmado com a chegada das linhas férreas; Mas apesar da expansão da estrada de ferro e do crescimento das empresas ferroviárias havia um problema que colocava em risco o desenvolvimento e a qualidade da atividade turística: Os horários e as tarifas eram muito complexas e as acomodações econômicas eram muito limitadas. Então o Inglês Thomas Cook , resolveu fretar um trem com tarifas reduzidas, o que aumentaria a demanda pela viagem. A partir dai, Cook criou as viagens em grupos, iniciando a primeira e maior agência de viagens de todos os tempos quando organizou o primeiro tour de viagem em larga escala, conduzindo 500 pessoas para Leicester. Thomas Cook também foi o primeiro a usar campanhas publicitárias e de marketing para captar clientes. A empresa de Cook, tornou-se uma das primeiras empresas internacionais a ganhar o reconhecimento. Cook tornou acessível a viagem e o turismo a pessoas da classe trabalhadora e da classe média, padronizando-os e produzindo-os em massa e o turismo acabou assemelhando à produção fordista (Henry Ford – automóveis).
  7. ROVOS RAIL FAMOSO TREM TURÍSTICO DA ÁFRICA DO SUL
  8. HISTÓRIA DO TURISMO Continuando… Pessoas de várias classes sociais , visitando os mesmos lugares e consumindo as mesmas coisas. Os negócios foram se ampliando. Iniciaram-se as reservas em hotéis, restaurantes e em 1845, foi organizada uma excursão para o litoral de Liverpool que em uma semana venderam 350 passagens. A partir daí aumentaram os números de viagens, a distância entre os locais, assim como a venda em grande quantidade. Algumas de suas idéias foram copiadas e ampliou-se o número de ofertas por outros operadores. O turismo de massa organizado por Cook começou a perder importância e passou a ser alvo de críticas por parte das populações e por autoridades locais o que acabou originando as viagens por pacotes. Diante da possibilidade de crescimento dos negócios turísticos, Cook criou um jornal voltado para orientação em viagens , onde justificava seus produtos, visando atingir um público maior.
  9. HISTÓRIA DO TURISMO Continuando… Quando Cook começou a organizar suas primeiras viagens para Paris, partindo da Inglaterra, encontrou resistência das empresas ferroviárias que negaram tarifas especiais. Com isto fundou a mais longa rota para a França, passando pela Holanda via Antuérpia, na Bélgica. Havia ainda facilidades para as pessoas que não falavam francês, principalmente nos contatos com hotéis. Com o passar do tempo surgiu-se também o interesse por viagens independentes de agenciamento, o que facilitou a negociação entre as empresas ferroviárias e os passageiros. Algumas criticas começaram a surgir em decorrência do grande número de turistas que visitavam cidades históricas da Itália causando impactos turísticos nos locais visitados. Com a experiência adquirida com os bilhetes de trem, Cook criou cupons de hotel objetivando recuperar o mercado. Foram firmados vários acordos com hotéis nos itinerários dos trens. O hospede tinha direito à acomodação com pensão completa. A idéia era criar um grupo de hotéis em que o cliente teria condições de escolher qual melhor lhe agrada e com tarifas diferenciadas.
  10. HISTÓRIA DO TURISMO Continuando… A grande dificuldade encontrada era negociar com os hotéis de diferentes países, devido à grande variedade de moedas. Dessa forma, o filho de Cook, seu sócio decidiu criar o circular notes que seria precedente dos atuais traveller´s checks onde os clientes adquiriam os cupons (moeda circulante) podendo ser trocadas nos hotéis participantes. Suas idéias eram sempre surpreendentes e mostravam a rapidez em criar novas modalidades para facilitar as viagens. Assim, Cook e sua família fizeram fortuna com o turismo, tornando as viagens mais acessíveis e motivando cada vez mais as pessoas a viajarem. As viagens passaram a ser consideradas a comercialização do sonho, principalmente com a melhoria dos meios de hospedagens, transporte e alimentação.
  11. A IMPORTANCIA DE COOK NA HISTÓRIA DO TURISMO: PRIMEIRA AGÊNCIA DE VIAGEM ; MARKETING PARA CAPTAR CLIENTES ; MÃO-DE-OBRA TURÍSTICA ESPECIALIZADA ; VIAGEM PARA TODAS AS CLASSES SOCIAS ; ROTEIRO DE VIAGEM – DIA-A-DIA DA VIAGEM ; TARIFAS ESPECIAIS NOS TRANSPORTES ; CRIAÇÃO DE CIRCULAR NOTES – IDÉIA DO TRAVELLER’S CHECKS E DO CREDIT CARD; INTERESSE DOS HOTELEIROS EM MODERNIZAÇÃO ; PACOTE COMPLETO – TRANSPORTE E HOTEL
  12. TIPOS DE TURISMO : TURISMO DE AVENTURA ; BEM-ESTAR ; CULTURAL ; ESPORTIVO ; ESTUDO ; INCENTIVO ; PESQUISA ; PROFISSIONAL ; RURAL
  13. TURISMO DE AVENTURA : É o segmento do turismo constituído por programas e atividades com conotação de desafio, expedições acidentadas, na maioria das vezes para adultos, envolvendo viagens arrojadas e imprevistos. Exemplos: escaladas, espeleologia, jeep safaris.
  14. ESCALADA
  15. JEEP SAFÁRI OU SAFÁRI FOTOGRÁFICO
  16. TURISMO DE BEM-ESTAR: É o segmento do turismo constituído por programas e atividades desenvolvidos para aperfeiçoar ou equilibrar as condições físicas ou espirituais de um indivíduo ou grupo de pessoas. Exemplos: clínicas para desintoxicação, Spas.
  17. SPA
  18. TURISMO CULTURAL : É o segmento do turismo constituído por programas direcionados a participantes interessados em conhecer costumes de determinado povo ou região. Exemplos: dança, folclore, gastronomia.
  19. CULTURA INDÍGENA
  20. TURISMO ESPORTIVO : É o segmento do turismo constituído por programas e atividades com fins específicos de promover a prática de esportes por amadores ou profissionais. Exemplos: alpinismo, golfe, mergulho, pescaria, windsurfe.
  21. TURISMO DE ESTUDO : É o segmento do turismo constituído por programas e atividades para aprendizado, treinamento ou ampliação de conhecimentos in situ, envolvendo estudantes e professores com profissionais locais. Exemplos: antropologia, botânica, culinária, idiomas, fotografia, zoologia.
  22. TURISMO DE INCENTIVO : É o segmento do turismo constituído por programas e atividades para empresas ou organizações, com o intuito de motivar ou premiar funcionários ou equipes para que metas de produção ou qualidade sejam atingidas. Exemplos: cruzeiros fluviais e marítimos, jeep safaris.
  23. TURISMO DE PESQUISA : É o segmento do turismo que trata de viagens e expedições para reconhecimento e/ou estudo, desenvolvido por instituições ou profissionais interessados em temas específicos. Exemplos: antropologia, arqueologia, botânica, impacto ambiental.
  24. TURISMO PROFISSIONAL : É o segmento do turismo constituído por programas e atividades que permitem a profissionais um contato direto, in situ, com a temática que exercem, e onde podem ampliar ou trocar conhecimentos com outros profissionais. Exemplos: agricultura, antropologia, botânica, gemologia.
  25. TURISMO RURAL : O segmento do turismo que surgiu com a valorização cultural e das atividades rurais nos hotéis-fazenda.
  26. TURISMO e SEU MERCADO.
  27. BEST DESTINATIONS : Operadora de Turismo; Internacional ; Destinos Exóticos ; Conceituada no Mercado, principalmente África do Sul. Folheteria para Website
  28. FACULDADE DE TURISMO Missão Formar profissionais humanistas, críticos, reflexivos, capacitados para planejar, empreender e gerir empresas turísticas, adaptando-se ao mercado, atendendo aos padrões técnicos internacionais, mantendo um compromisso com o aprimoramento constante, a educação ambiental, a responsabilidade social, especialmente no concernente à preservação das culturas locais, regionais, nacional e internacional, colaborando para o desenvolvimento de um turismo baseado em princípios éticos contemporâneos. Objetivo Contribuir para o desenvolvimento do turismo por meio da formação de profissionais com autonomia, capacidade empreendedora e crítico-reflexiva que mantenham o compromisso de preservação com as culturas locais, regionais, nacional e internacional, contemplando a visão contemporânea de mundo.
  29. FACULDADE DE TURISMO O curso de Turismo prepara os alunos para atuar em: • Agências de viagens e operadoras de turismo • Consultorias turísticas • Desenvolvimento de projetos turísticos • Docência • Empreendimentos próprios • Empresas organizadoras de eventos • Meios de hospedagem (hotéis, resorts, pousadas, etc.) • Empresas de lazer e entretenimento (parques temáticos, centros de convenções, etc.) • Pesquisa • Planejamento turístico em empresas públicas ou particulares • Transportadoras turísticas (aéreas, ferroviárias, marítimas e rodoviárias) • Empreendimentos turísticos diversos Fonte: Universidade Estácio de Sá
  30. PROFISSÕES NO TURISMO : GUIA REGIONAL / NACIONAL ; GUIA INTERNACIONAL ;AGENTE DE VIAGEM ;OPERADOR DE VIAGEM
  31. GUIA REGIONAL / NACIONAL O que faz esse profissional? O trabalho do guia é acompanhar os turistas, servindo como líder e animador do grupo, elemento facilitador das relações entre os passageiros e administrador das eventuais surpresas que ocorrem durante as viagens. Qual o perfil desse profissional? Deve ser uma pessoa com espírito de liderança, desembaraçada, criativa, com boa capacidade de comunicação, possuir iniciativa, bom humor, alto astral, cultura geral e gostar do que faz. Qual a sua remuneração? O Guia de Turismo, normalmente, é um profissional autônomo que presta serviços para diversas empresas (free lancer). Por esse motivo, a sua remuneração costuma ser variável, em função dos trabalhos realizados. Os guias também recebem comissões e gorjetas. Um profissional experiente pode tirar de R$ 1.500,00 a mais de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) por mês, de acordo com pesquisa feita pela Universidade de São Paulo (USP).
  32. GUIA INTERNACIONAL O que faz esse profissional? O Guia de Turismo de Excursão Internacional acompanha grupos de turistas em visitas, excursões e viagens internacionais, seguindo um itinerário previamente estabelecido, apontando locais de interesse e tomando providências referentes a acomodações e outros serviços, para proporcionar conforto ao grupo e tornar a viagem agradável e proveitosa. Deve dominar pelo menos o idioma Inglês e grande conhecimento de Geografia. Qual o perfil desse profissional? Deve ser uma pessoa com espírito de liderança, desembaraçada, criativa, boa capacidade de comunicação, possuir iniciativa, bom humor, alto astral, cultura geral e gostar do que faz. A Marc Apoio não vai lhe dar tudo isso, mas você vai se surpreender com as qualidades que já possui e serão desenvolvidas ao longo do curso. Qual a sua remuneração? Um profissional experiente pode tirar de R$ 4.500,00 ou mais por mês, já que geralmente o valor cobrado é por passageiro em moeda estrangeira.
  33. AGENTE DE VIAGEM O que faz esse profissional? O Agente de Viagens é a pessoa encarregada de resolver o material de viagem de seus clientes. Para isso, faz reservas de vôos, hotéis, ingressos, emite bilhetes, providencia o aluguel de carros e o que mais for necessário. Qual o perfil desse profissional? Deve ser uma pessoa desembaraçada, criativa, organizada, comunicativa, possuir iniciativa, bom humor, alto astral, conhecimento de geografia, cultura geral e gostar do que faz. Qual a sua remuneração? O agente de viagens costuma receber uma parte do salário fixa e outra variável, conforme a sua produtividade. Por isso, a renda varia bastante em função da experiência adquirida e da carteira de clientes formada ao longo de sua carreira profissional. A remuneração costuma variar entre R$ 350,00 e R$ 2.500,00 mensais.

http://www.turismo.gov.br/images/pdf/06_06_2016_mtur_guia_turismo_sustentabilidade.pdf

ONU declara 2017 o ano internacional do turismo sustentável

Por Redação Turismo Sustentável A Organização Mundial do Turismo (OMT), agência ...

Learn more

Related posts

Leave a Comment