Browse By

Teatro Rival recebe a Roda de Samba Pedra do Sal completando 10 anos

Por Redação

A Pedra do Sal é um monumento negro, histórico e religioso da cidade do Rio de Janeiro, localizado no bairro da Saúde. Tombada desde 1984, com presença do Professor Joel Rufino, Benedita, Gilberto Gil, Brizola e outros, a Pedra do Sal é a marca maior do povo do Curuzu – liberdade na Gamboa carioca. É lá que o sangue escravo, gravado na rocha; o sal a secar na Pedra silenciosa; as oferendas de Seu João de Alabá e, o grande mercado de escravos, nos estimulam a resistir lutando, cantando e resgatando a nossa ancestralidade mais direta. Por isso, afirma-se: Vale à pena conferir e testemunhar as memoráveis e eternas tardes-noites, de cada segunda feira, na sagrada Pedra do Sal! Diante de todo esse contexto mítico da Pedra do Sal e do Morro da Conceição, criou-se a Roda de Samba da Pedra do Sal. A partir daí, o conseguiu-se congregar outros amigos músicos, interessados em abraçar tão grandiosa missão, tanto na concepção, quanto no desenvolvimento de eventos culturais de essência popular. Nesse sentido, a própria natureza do lugar “conduziu” a que se formasse ali, uma roda de samba aos moldes das mais originais, como ocorria no passado daquele ”mágico” lugar. Sempre juntos e, em meio a certas adversidades pontuais, cria-se a partir de uma idéia inicial, um samba autêntico e despretensioso, a RODA DE SAMBA DA PEDRA DO SAL – composta por:Juninho Travassos (Cavaquinho); Peterson (pandeiro), Junior Cartola (Violão de sete cordas); Rogerinho (Cavaquinho); PC (Tantan);  Walmir (Cuíca) e Wando (Surdo). Na Pedra do Sal, nas tardes-noites de SEGUNDA FEIRA, é onde – há dez anos – a alegria se faz presente em energia vital à alma, escorrida em musicalidade, danças folclóricas, exibição de filmes, além de outros “elos” culturais que ali se manifestam. Dessa união com o mais genuíno samba brasileiro, tem sido possível recriar a interação maravilhosa e deveras respeitada, por todos que ali comparecem em, “Feitio de Oração”. Com diversas teses de mestrado no Brasil e no exterior, dois shows no teatro Rival Petrobras, premiada como a melhor roda de samba em espaço público do Brasil (Troféu Edson Carneiro) pelo Portal do carnaval UNIRIO e Prefeitura do Rio de Janeiro, contemplada como o projeto de revitalização de ações culturais imateriais na zona portuária pela CDURP. Enfim, a sede por uma cultura mais ligada as tradições ancestrais e a necessidade ímpar de resistir aos modismos de plantão, faz da Roda de Samba da Pedra do Sal um fenômeno (não só de público, mas, de concepções e ideais).   É bom enlevar que, lá não há pretensões de disputas ou soluços de vaidades, mas, um desejo renitente de que a RODA DE SAMBA não se curve jamais a ser, “somente”, mais um sambinha de rua na cidade. Transmitimos intensamente em nossos eventos, o que realmente estamos sentindo na emoção da coletividade, dos objetivos alcançados, nos conhecimentos produzidos – recriados, nas ações sociais e, principalmente, na função de manter acesa a chama de nossa cultura mais efetiva. Assim, nas asas de Olorúm, conseguimos levar nossa mensagem, a várias casas de espetáculos do Rio de Janeiro e de outras cidades do Brasil – apresentando no repertório, um universo de preciosidades produzidas pela nossa mais rica “brasilidade”..

Serviço:

01/09 (sexta-feira) Roda de Samba Pedra do Sal ‘10 Anos’

Teatro Rival Petrobras

Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de Janeiro – (21) 2240-9796

Horário: 20h.

Preços: R$ 60/30

Capacidade: 400 pessoas

Censura: 18 anos

Bilheteria (novo horário): terça à sexta das 13h às 21h; sábados e feriados das 16h às 22h.

Home

https://www.facebook.com/teatro.rival/

Instagram: @teatro.rival

Twitter: @teatro_rival

VENDA DE INGRESSOS ONLINE: www.eventim.com.br (com cobrança de taxa de conveniência)

Aceitamos cartões de crédito e débito.

 

Abertura da casa: 1h antes do show

 

Sonho da Cidade do Samba 2 está mais próximo de virar realidade

Por Redação O Portal Sambrasil apurou que quatro escolas da Série A estão sem ...

Learn more