Browse By

Salgueiro acaba de escolher de samba enredo para o carnaval 2018

Por Marcelo Faria

Fotos por Julia Fernandes e Marcelo Faria

Com três sambas finalistas a escola define seu samba enredo para o Carnaval de 2018. A parceria campeã foi a dos compositores, Xande de Pilares, Demá Chagas, Dudu Botelho, Renato Galante, Jassa, Leonardo Gallo, Betinho de Pilares, Vanderley Sena, Ralfe Ribeiro e W Corrêa.

O enredo do Salgueiro: “Senhoras do Ventre do Mundo”, desenvolvido pelo carnavalesco Alex de Souza

O @portalsambrasil conversou com a presidente da agremiação, Regina Celi, ela como sempre mostrou sua competência na administração da sua escola. Citou: “Temos três ótimas obras, vamos escolher o melhor Samba para o desfile da escola, nossa comunidade vem acertando na escolha nos dois últimos anos e acertou mais uma vez.”.

Quanto a organização do Carnaval 2018, a dirigente deixou claro que: “O espetáculo que as escolas proporcionam, além do incentivo ao turismo e a cultura, e acima de tudo, o que se arrecada financeiramente, devem ser mais que suficiente, para a prefeitura, realmente chegar junto, é uma grande troca, está na hora da prefeitura do Rio fazer a parte dela.

A festa como sempre na quadra do Salgueiro é um espetáculo a parte, no entanto, este ano, foi uma final inusitada, devido a queima do transformador da Light, que abastece a região da quadra, mas mesmo assim não faltou animação.

Portal Sambrasil – www.sambrasil.net ; e Portal Sambrasil Turismo e Cultura – www.sambrasil.net/turismoecultura ; do Jornalista Marcelo Faria, sempre presentes, prestigiando a nação salgueirense. #salgueiro #carnaval2018 #portalsambrasil #sambrasilturismoecultura #portalsambrasileusigo #senhorasdoventredomundo #jornalistamarcelofaria

Ouça o samba:

Compositores: Xande de Pilares, Demá Chagas, Dudu Botelho, Renato Galante, Jassa, Leonardo Gallo, Betinho de Pilares, Vanderley Sena, Ralfe Ribeiro e W Corrêa.

LETRA

Senhoras do ventre do mundo inteiro

A luz no caminho do meu Salgueiro

A me guiar…Vermelha inspiração

Faz misturar ao branco nesse chão

Na força do seu ritual sagrado

Riqueza ancestral

Deusa raiz africana

Bendita ela é… E traz no axé um canto de amor

Magia pra quem tem fé

Na gira que me criou

 

É MÃE É MULHER A MÃO GUARDIÃ

CALOR QUE AFAGA PODER QUE ASSOLA

NO VALE DO NILO A LUZ DA MANHÃ

A FILHA DE ZAMBI NAS TERRAS DE ANGOLA

 

Guerreira feiticeira general contra o invasor

A dona dos saberes confirmando seu valor

 

ECOOU NO QUARITERÊ

O SANGUE É MALÊ EM SÃO SALVADOR

 

Oh matriarca desse cafundó

A preta que me faz um cafuné

Ama de leite do senhor

A tia que me ensinou a comer doce na colher

A benção mãe baiana rezadeira

Em minha vida seu legado de amor

Liberdade é resistência

E à luz da consciência

A alma não tem cor

 

FIRMA O TAMBOR PRA RAINHA DO TERREIRO

É NEGRITUDE … SALGUEIRO

HERANÇA QUE VEM DE LÁ

NA GINGA QUE FAZ ESSE POVO SAMBAR

Salgueiro apresenta a sinopse do enredo “Senhoras do Ventre do Mundo”, para 2018

Por Redação “Eu sou o ventre principal, a Terra-Negra, a grande Mãe Universal, a ...

Learn more