Browse By

Pesquisa de Avaliação – Vitória Zane – SP

Por Vitória Zane – São Paulo

Desde a adolescência tinha o sonho de cursar Jornalismo, o desejo de conviver num meio cheio de palavras, trabalhar com uma coisa que gosto: escrever. Mas por uma decisão baseada pela cabeça e não pelo coração, iniciei a licenciatura em Letras. Pensei ser um caminho mais fácil para me aproximar da redação. Terminei minha graduação com muita felicidade, pois adorava o curso, foi muito importante para minha formação e o fator determinante para eu entrar no mercado de trabalho. Após três anos atuando na educação como professora, resolvi tentar dar uma chance para minha vocação e iniciar minha segunda graduação.

Em 2016 comecei o bacharelado em Comunicação Social com habilitação para o Jornalismo na Faculdade Campo Limpo Paulista neste mesmo município de São Paulo. Desde então pude aprender sobre um meio que gosto e que me interessa. Utilizei muito a bagagem que aprendi no curso anterior em relação à língua portuguesa e a adaptação às regras da faculdade. Tive experiências do funcionamento da produção de um jornal impresso, na elaboração de um documentário, gravação de produções audiovisuais e diversas outras atividades. Cada dia mais a vontade de vivenciar este ambiente comunicacional crescia e despertava o desejo fazer parte de um projeto que pudesse possibilitar essa experiência, além de acrescentar em minha formação. Foi então que por meio de uma amiga e colega de curso conheci o Projeto Voluntários do Samba do Portal de notícias Sambrasil – www.sambrasil.net , o qual me interessou muito.

Após pesquisar sobre o Projeto e o Portal, estava certa de que era o caminho correto para poder ter a vivencia da profissão. Depois da conversa com o jornalista Marcelo Faria, tive a certeza de que seria uma experiência incrível ser um membro da equipe, pois foi possível perceber a seriedade com que o Projeto é tratado, além do amor com que todos se dedicam a este Portal. Conhecendo as normas de conduta elaboradas também aprendi a maneira correta de me comportar com as orientações de um profissional da área. Desta forma, estava feliz em poder crescer na profissão e ter a experiência como estagiária. Assim, neste ano de 2017 fui designada a realizar a cobertura do carnaval de São Paulo, assistindo as escolas de samba e descrevendo a realização do desfile, bem como tema, enredo, fantasia e demais conteúdos relacionados às agremiações. Para a preparação, realizei uma pesquisa profunda sobre o Samba e o Carnaval, me informando muito sobre o assunto, além de estar por dentro do funcionamento de todas as escolas e de seus desfiles. Assim, pude realizar meu trabalho com maior competência. Através dessa oportunidade, estar cobrindo o Carnaval com a camisa do Projeto, pude crescer muito em experiência, podendo observar a atuação dos demais jornalistas e me inspirando nestes e nos veículos para melhorar minha atuação e aprender com a prática real do jornalismo. Desta maneira, o Voluntários do Samba me acrescentou muitas informações e modelos, bases para seguir em relação ao comportamento de um profissional da Comunicação Social e sua maneira de atuar, o que me auxiliou muito nesta formação profissional que ainda estou criando, podendo adquirir bagagem suficiente e significativa. Pude me relacionar com a imprensa local, com os veículos de comunicação tanto de televisão quanto de rádio, e contei com o auxílio dos outros membros da equipe, os quais também me acrescentaram muito conhecimento e pude compartilhar de um trabalho em que todas se dedicaram para o melhor. Ao mesmo tempo, o Projeto também me auxiliou na vida pessoal, pois saí da zona de conforto e me dediquei para que a cobertura fosse a melhor possível, deixando de lado medos e anseios que tinha, criando a coragem de ir a lugares antes desconhecidos e despertar um interesse e gosto maior pela cultura popular, o Samba que é patrimônio do país. Em relação ao Samba, descobri que antes não sabia tanto sobre a sua riqueza e importância, mas que hoje sei o quanto é essencial para o povo e a cultura de nosso país. Espero continuar fazendo parte desta equipe que foi essencial para me tornar tanto uma cidadã melhor e mais informada, quanto uma profissional apaixonada.·.

Vitória Martins Zane

 

Paulinho Mocidade lança o CD Como é Bom em Bangu

Por Redação Chegou a hora! Nesta quinta-feira (07/06), às 20h, no Theatro Bangu ...

Learn more