Browse By

Mocidade faz seu desfile “Prá lá de Marrakech” no Sambódromo

Por Gilvan Lopes e Carol Ferreira

Fotos por Mariana Barcellos, Carol Ferreira e Marcelo Faria

Suporte Técnico: Julia Fernandes

Editor Chefe: Marcelo Faria

Terceira escola a desfilar a Mocidade, traz para a avenida o enredo “As mil e uma noites de uma ‘Mocidade’ prá lá de Marrakech”, desenvolvido pelos carnavalescos Alexandre Louzada e Edson Pereira. É claro que a escola está incomodada como o que ela vem apresentando nos recentes carnavais. O Portal de Notícias Sambrasil – www.sambrasil.net presencia ao som de um grande samba, com riqueza melódica e poética, além de tudo, acolhido pela comunidade, o desfile oficial da verde e branco de Padre Miguel.

Com a afirmativa abaixo, a agremiação justifica seu enredo e fortalece o desejo e a promessa de realizar um grande desfile no Carnaval 2017.

“Todo conto é um canto de sobrevivência, de resistência, uma história de amor. Um conto pode durar uma hora, um dia ou mil e uma noites. Os fios que tecem uma narrativa encantam ao recontar histórias do coração, de reconciliação – lições que levam da vida. Todo mundo tem uma história para contar, essa é a nossa história.”

O Portal de Notícias Sambrasil, conversou com alguns personagens da escola: Para o Mestre Dudu, diretor da Bateria Não Existe Mais Quente, a Mocidade vai surpreender: “Estive no Barracão da Mocidade e fiquei impressionado com o resultado das Alegorias, são muito grandes e luxuosas, e vão com certeza encantar a todos no desfile; quanto a Bateria, fizemos um trabalho ótimo com novos Ritmistas, e demos moral aos antigos, com isso demos mais qualidade e união em todos os naipes, e o resultado vocês verão hoje na Sapucaí”

Falamos também com Robson Veloso e Wallace Capoeira, que estreiam na Direção de Harmonia da agremiação este ano. Segundo Robson: “A responsabilidade e a honra de comandar a Harmonia da Mocidade é imensa, sou torcedor apaixonado pela escola, e vou fazer de tudo para honrar esta confiança que a Direção da escola nos deu”. Capoeira ressaltou a organização da escola: “Nos programamos para estarmos aqui hoje com todas as fantasias entregues com muita antecedência e com as Alegorias impecáveis; reuníamos-nos constantemente para que tudo estivesse azeitado no dia do desfile, e até agora está saindo tudo segundo os conformes”.

Paulo Cesar Feital, um dos autores do grande samba enredo da Mocidade falou conosco: “Estou muito contente, sou músico há 50 anos, e ainda hoje se comover com um samba, e com a paixão de uma escola por uma composição sua, isso não tem preço, a Mocidade me emocionou sem dúvida; claro que quero meu samba premiado, quero a Mocidade campeã, mas, sobretudo quero um carnaval, pacífico e feliz.”.

Além de um grande desfile, a escola surpreendeu ao público com sua comissão de frente, utilizando o recurso da tecnologia aliado à criatividade, causando uma ilusão de ótica como se realmente, o “Aladim” das histórias infantis, voasse em seu tapete mágico.

Ouça o samba: {play}audios/liesa10_mocidadeipadremiguel2017.mp3{/play}

Compositores: Altay Veloso, Paulo César Feital, Zé Glória, J. Giovanni, Dadinho, Zé Paulo Sierra, Gustavo, Fábio Borges, André Baiacu e Thiago Meiners

Fui ao deserto roncar meu tambor

Pra Alah conhecer meu Xangô

De repente, a miragem aparece

Na praça, um senhor, contando histórias de amor

Eu fui pra lá de Marrakesh

Minha Zona Oeste comovida de paixão

És minha “El Jadida”, meu teatro de ilusão

Tanto assim que o meu olhar

Vê no mar de Gibraltar

Sereia, dama das areias de Iemanjá

Teu deserto, meu sertão

Teu oásis, meu rincão… “Vadeia”

Mistura alaúde com ganzá

Abre-te Sésamo que o samba ordenou

Mil e uma noites de amor

Põe Aladin no agogô, tantan nas mãos de Simbad

Meu ouvido é de mercador

Abre-te Sésamo que o samba ordenou

Mil e uma noites de amor

É o Saara de lá com o Saara de cá

Minha Mocidade chegou…

Chegou, chegou, de Padre Miguel a candeia

A caravana de além mar retorna a nossa aldeia

Oh meu Brasil, abrace a humanidade

És a pátria mãe gentil da amizade

Brilha o Cruzeiro do Sul do Oriente de Alah

Céu de Sherazade

Vem pro Marrocos, meu bem

Vem minha Vila Vintém

Sonha Mocidade

Ficha técnica:
Fundação:      10 de novembro de 1955 (61 anos)

Escola-madrinha:       Beija-Flor

Cores: Verde e Branco

Símbolo:         Estrela-guia

Bairro: Padre Miguel

Presidente:     Wandyr Trindade (Vô Macumba)

Presidente de honra:  Rogério Andrade

Carnavalesco Alexandre Louzada e Edson Pereira

Intérprete oficial:        Wander Pires

Diretor de carnaval:   Marquinho Marino

Diretor de harmonia:  João Vieira

Diretor de bateria:      Mestre Dudu

Rainha da bateria:      Carmen Mouro

Mestre-sala e porta-bandeira Diogo Jesus e Cristiane Caldas

Coreógrafo:    Jorge Texeira e Saulo Finelon

Desfile de 2017

Enredo:           As mil e uma noites de uma ‘Mocidade’ prá lá de Marrakesh

Mussum Forévis – Samba, Mé e Trapalhões

Por Redação O Portal Sambrasil disponibiliza em sua coluna BiblioSamba, a primeira ...

Learn more