Browse By

Mocidade abre a noite das Campeãs

Por Gilvan Lopes e Heitor Olímpio

Fotos por Marcelo Faria e Chiara Martelotta

Suporte Mídias: Julia Fernandes

Suporte Técnico/Remoto: Jack Costa

Abrindo a noite do Sábado das Campeãs, a Mocidade Independente de Padre Miguel, 6ª colocada no carnaval cantou o enredo: “Eu sou o tempo. O tempo é a vida.”, do carnavalesco Alexandre Louzada.

O Portal Sambrasil conversou com o Rodrigo Pacheco, vice-presidente e nesse bate-papo ele nos disse que ainda não está certo para o ano que vem o enredo sobre Elza Soares. “Não está confirmado ainda, porque temos que ver a questão financeira, não basta ter um ícone como Elza Soares e não ter um dinheiro para colocar a escola na avenida é fazer um belo carnaval”.

Rodrigo nos disse ainda sobre a importância que foi pela terceira vez seguida desfilar no Sábado das Campeãs. “Mesmo com a dificuldade financeira que enfrentamos, para montar esse carnaval, é interessante a Mocidade ter voltado pela terceira vez consecutiva no desfile das Campeãs”. E conclui dizendo que a escola fez um desfile impecável “ Passamos na avenida de melhor maneira possível, não tivemos nenhum problema com os nossos carros alegóricos ou com as nossas fantasias. A Mocidade estava impecável ! ” .

Falamos com o Diretor de Carnaval Marco Antônio Marinho que também ressaltou a perfeição na escola no quesito alegorias. “Isto mostra a nossa maturidade, porque não tivemos nenhum problema mesmo com carros alegóricos grandes, nenhum deles apresentou problemas de manobra. Nossa bateria estava divina, até porque esse samba é muito bom, toda comunidade sabia canta-lo de cabo a rabo. E mesmo sendo a ultima escola (Mocidade foi a ultima escola a desfilar na segunda-feira, 04 de março de 2019) a entrar na Sapucaí, não deixamos ninguém dormir, o exemplo disso foi que a Marques de Sapucaí segui a escola no final do desfile, eles estavam reconhecendo o nosso trabalho”.

A felicidade em desenvolver o carnaval deste ano, mesmo com tanta dificuldade financeira é alfo que estava presente em todos os componentes da Verde e Branca de Padre Miguel.

Isto inclui o Mestre de Batera Dudu Oliveira que foi premiada esse ano com os troféus “Tamborim de Ouro” e “Troféu Bateria”, para o Sambrasil ele falou: Estou feliz sim com os prêmios já conquistados com a Bateria, sei que teremos outros até porque essa Bateria é nota 10, mas estou mais feliz por pela terceira vez seguida estarmos desfilando no Sábado das Campeãs isto é a prova do trabalho que estamos desenvolvendo”.

Paulinho Mocidade lança o CD Como é Bom em Bangu

Por Redação Chegou a hora! Nesta quinta-feira (07/06), às 20h, no Theatro Bangu ...

Learn more