Browse By

MESTRE-SALA E PORTA-BANDEIRA PROMOVEM DESFILE DE MODA COM DEFICIENTES FÍSICOS NO TEATRO ARTHUR AZEVEDO

Casal de mestre-sala e porta-bandeira, Lincoln da Silva Pereira e Luciane dos Santos Rufino – Foto por Mariana Barcellos – Agência Sambrasil Comunicações

Por Redação

Foto por Mariana Barcellos – Agência Sambrasil Comunicações

Representantes da Escola de Samba Embaixadores da Alegria, o casal de mestre-sala e porta-bandeira, Lincoln da Silva Pereira e Luciane dos Santos Rufino realizarão no dia 29 de setembro de 2017, às 19 horas, o desfile de moda inclusivo “Fashion By Rio” em apoio ao dia Nacional da luta da pessoa com deficiência, a ser realizado no Teatro Arthur Azevedo, localizado a Rua Victor Alves, n. 454 – Campo Grande, Rio de Janeiro.

O objetivo do evento é dar a oportunidade de desfilar e mostrar que às pessoas com diversas formas de deficiência podem despertar no público, um olhar pleno de que o corpo fala de várias maneiras. A proposta artística é estabelecer uma inclusão entre deficientes, modelos e estudantes de moda com um GRAND FINALE em pétalas de rosas evocando a primavera.

Este projeto não busca fins políticos, partidários, financeiros ou religiosos, sendo o mesmo, exclusivamente, comemorativo à data de LUTA DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA, e não tem a pretensão de arrecadar nenhum valor financeiro para os seus idealizadores, cobrando apenas 1 kg de alimento não-perecível que será doado ao abrigo Minha Casa. De acordo com a Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, no Brasil cerca de 24% da população têm algum tipo de deficiência.

 

O Estado do Rio de Janeiro conta com cerca de 3,9 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, o que representa 24,4% da população, segundo dados do Censo 2015. A deficiência mais comum é a visual, seguida da motora, auditiva e mental, aumentando gradativamente o número de pessoas com deficiência nas grandes metrópoles considerando altos índices de acidentes automobilísticos, como se vê presente nos operadores do Projeto Lei Seca. A zona Oeste do Rio possui poucos eventos de relevante fator social, artístico e cultural para emancipação da pessoa com deficiência, visto que, a maioria dos eventos ocorrem na zona Sul da cidade, como: corridas e caminhadas em torno da Orla.

 

Durante o evento será comemorado o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, dando uma abordagem diferente da visão preconceituosa da sociedade. “A deficiência será tratada como segundo plano, apresentando-a somente como um aspecto desafiador na vida, mas nunca como um empecilho ou algo que limite a expressão e força desses artistas”, afirma Luciene Rufino que também é cadeirante.

 

Há 10 anos, os idealizadores do evento, Lincoln Pereira, Mestre-Sala da Escola de Samba Embaixadores da Alegria e Lú Rufino, Porta-Bandeira cadeirante da escola, ativista da causa da pessoa com deficiência e idealizadora do concurso Miss Cadeirante 2017, participam da abertura do desfile das campeãs no sambódromo do Rio de Janeiro.

Portal Sambrasil– www.sambrasil.net – do Jornalista Marcelo Faria – CEO das Organizações Sambrasil, sempre mantendo a informação e fomentando o patrimônio cultural SAMBA, em destaque, toda a cadeia produtiva, com toda a sua equipe em campo.

#sambrasilturismoecultura #portalsambrasil #portalsambrasileusigo #jornalistamarcelofaria #culturapresente #cultura+diversidade #visitrio #vemprorio

Samba na Fonte comemorou seus 10 anos com lançamento de CD no Teatro Rival

Por Marcelo Faria Fotos por Marcelo Faria e Mariana Campos O Movimento de Compositores ...

Learn more