Browse By

Mestre Bereco se prepara para levar seu conhecimento para a Europa

Por Redação

Luiz Carlos Leitão de Oliveira, ou simplesmente Mestre Bereco é um apaixonado pelo samba e pelo carnaval. Adquiriu o apelido de Bereco ainda muito criança, quando começando a pronunciar suas primeiras palavras, a irmã de seu pai o pede para repetir uma palavra e saiu Bereco. Integrante da produtora Mais Brasil, percursionista levará seu talento para Suíça, França e outros países europeus.

 

Sua inserção no mundo do samba começou bem cedo. Com 13 anos, ouvia seu pai e sua avó materna comentarem sobre a bateria da Mocidade Independente de Padre Miguel, que na época era comandada pelo saudoso mestre André. O ano era 1970.

 

Com aquelas palavras na cabeça, saiu, numa noite, para conhecer a tal bateria, ficou encantado com o que viu. Passou uma madrugada na rua. Ao chegar em casa, levou uma surra.

 

Em 1973, entra para a bateria da Mocidade e passa a ensaiar com mestre André. Ficou dois anos como ritmista. Em 1975, deu início a uma nova fase em sua vida.

 

Nesse ano, começa a jogar bola, integrando o time do Bangu Atlético Clube. Por causa do futebol, parou de atuar na bateria da Mocidade. Sua carreira como esportista durou até o ano de 1990.

 

Seu retorno oficial e profissional ao carnaval, porém, só se deu de fato, no ano de 2006. A agremiaçâo era a sua Mocidade Independente de Padre Miguel.

 

Em 2010, com a saída de mestre Jonas do comanda da bateria da verde e branco de Padre Miguel, Bereco que era uns dos diretores da bateria, é escolhido para ser o novo mestre. Sua trajetória, nesse posto, durou seis anos.

 

Respeitado por outros mestres de bateria e pelo mundo do samba, Bereco, agora, inicia um novo processo em sua vida e carreira, enquanto percussionista. Integrando a produtora Mais Brasil, no intercâmbio cultural entre Brasil e Europa, fara uma série de apresentações, pela Europa.

 

A convite do amigo e produtor do intercâmbio cultural – Claudio Penido – Bereco fará shows, oficinas de percussão e wokshops com a agremiação Prisioneiros do Samba. Países como França, Itália, Suíça e Noruega, são algumas das locações que receberão a comitiva.

 

Com viagem marcada para o final do mês de agosto, Bereco levará em sua bagagem, além de sonhos e devaneios, a responsabilidade de levar o seu conhecimento, enquanto ritmista, a todos que quiserem aprender.

 

O mesmo resume esta conversa em uma frase “TUDO POSSO NAQUELE QUE ME FORTALECE ‘DEUS'”.

Carnavália-Sambacon 2017: venda de ingressos para a feira já começou

Por Redação A quarta edição da Carnavália-Sambacon já se aproxima e, para maior ...

Learn more