Browse By

Carnaval SP: 08 Vai Vai

Por #redação #jornalistamarcelofaria #catolicojornalistamarcelofaria

Reportagem, imagens e fotos: Roberta Campos , Thaís Veríssimo e Giovanna Leite

Suporte remoto e suporte produção: Jack Costa, Rafael Rios e Julia Fernandes

@portalsambrasil   @sambrasilturismoecultura   @agenciasambrasil

Vai Vai
Primeira escola 10/02
Enredo – CAPÍTULO 4, VERSÍCULO 3: DA RUA E DO POVO, O HIP HOP: UM MANIFESTO PAULISTANO

A Saracura trouxe pra avenida o Hip Hop, contando um pouco de sua história de resistência e grito de liberdade, mostrando em suas fantasias e alegorias, pixações, grafites, arte da rua!
Com presenças ilustres do rap e hip hop, a Vai Vai levantou sua torcida, onde a empolgação ia a mil sempre que, em ritmo de hip hop, a Pegada de Macaco fazia suas paradinhas!
Foi de arrepiar!

SINOPSE

“Capítulo 4, Versículo 3 – Da Rua e Do Povo, o Hip Hop: Um Manifesto Paulistano”

Abre a gira… Meu corpo é fechado!

“Me atire uma pedra
Que eu te atiro uma granada
Se tocar em minha face sua vida está selada”
Corpo Fechado, Thaíde & DJ Hum
Rasga caminhos, Seu Tranca Ruas… Passa na frente e governe as encruzas deste monumental
‘despacho de pedra’… Deixe seu lastro de fogo, cuspa cachaça e exale teu fumo sob
avenidas, ruas, becos e vielas, que serão palco e cena do Manifesto em Preto e Branco –
convoca o povo preto, pardo, pobre, mestiço e periférico a se insurgir contra a raivosa fé
elitista, que lança ao destino marginal tua prole desvalida – desamparada de oficialidade,
mas herdeira da alegria e da tua jocosidade catiça – insistindo em fazer da rua (des)caminhos
riscados de arte e a crença nas forças mágicas da criação. Guarde sob tua capa caótica as
mães solo, os desvalidos, os andarilhos, os mendigos, as meretrizes, os oprimidos, os
presidiários e todos aqueles que se abrigam sob teu olhar obstinado pela busca da verdade,
que tarda… mas não falha jamais. A luta é grande e árdua. ‘Eles’ não aceitam a nossa
liberdade, mas (r)existimos no teu axé. Nós temos o corpo fechado. Laroyê!

Uma ‘Pauliceia Empoeirada’ – Insurgência Preta-Periférica: Acharam Que Eu Estava
Derrotado… Quem Achou Estava Errado!

 

Paulinho Mocidade lança o CD Como é Bom em Bangu

Por Redação Chegou a hora! Nesta quinta-feira (07/06), às 20h, no Theatro Bangu ...

Learn more